Era uma vez…

Como tudo começou…

O Bairro dos Livros, que arrancou oficialmente em Abril de 2012, começou por ser um evento que conta já com alguns anos de debate, preparação, coordenação de iniciativas, entre recuos e avanços. É com a organização da cooperativa cultural CulturePrint, e no momento em que a cidade mais precisa, que os livreiros se unem na Baixa do Porto para fazer da rede de livrarias e alfarrabistas da cidade lugares de partilha de conhecimento, de celebração do livro e dos leitores e de programação cultural pensada para todos os públicos.

A história de um bairro de livreiros e alfarrabistas…

O Bairro dos Livros corresponde a o espaço geográfico e emocional em que se inserem mais de três dezenas de livrarias da cidade do Porto, com vários perfis e identidades – generalistas, tradicionais, alfarrabistas, especializadas, de grande e pequena dimensão – e que funcionam como pontos de encontro para os habitantes da cidade e que são locais de passagem obrigatória no roteiro cultural da cidade, assim como um íman para turistas (os de fora e os de dentro). O Bairro dos Livros desenvolveu, durante 2012 e 2014, no segundo sábado de cada mês, um conjunto de actividades culturais e acções artísticas que se realizaram na baixa do Porto para celebrar o Livro e promover a Leitura. Na rua, nas livrarias, nos eléctricos, nos hospitais, nas bibliotecas, nos cafés, nos teatros, nos jardins, nas praças da Baixa. 

Letras na Avenida: as livrarias voltaram aos Aliados

Em 2013 e na ausência da tradicional Feira do Livro do Porto, o Bairro dos Livros ajudou a C.M.P. na organização do evento que ficaria conhecido por “Letras na Avenida” e que trouxe, depois de décadas de ausência, as livrarias e alfarrabistas à Avenida dos Aliados, durante 17 dias, numa autêntica, original e transversal feira de livros e Cultura.

Uma Biblioteca para todos os leitores no Santo António…

Entretanto, nasceu a Biblioteca Bairro dos Livros no Hospital Geral de Santo António, que lançou o repto aos leitores da cidade para que oferecessem os seus livros usados ou repetidos a quem mais precisa. Ao fim de dois anos de recolha, a Biblioteca conta já com mais de 10.000 livros doados. E continua a crescer.

2015, o ano dos autores!

Através da chancela editorial do Bairro dos Livros foram já muitos os autores conhecidos e desconhecidos do grande público que chegaram às estantes das livrarias.  Depois da dinamização das livrarias e dos alfarrabistas, do trabalho nas bibliotecas e da criação de vários espaços para os livros no HGSA, 2015 é, pois, o ano dos autores no Bairro dos Livros. Procuramos novas vozes para editar. Junte-se a nós!