Edita-me: “Doença Crónica” de Alexandra Malheiro

doenca_cronica_large

Doença Crónica de Alexandra Malheiro é apresentado este sábado, dia 29 de Março, pelas 16h30, na Rua Mouzinho da Silveira, 228, no Porto.

O livro reúne um conjunto de crónicas, onde a cidade do Porto apresenta-se como pano de fundo e assume toda a relevância em cada linha da autora, que exalta as artérias da cidade, o som dos eléctricos e o movimento nas ruas e cafés da Invicta.

“Entrar numa crónica, pela via do leitor ou da sua autoria, é assumir uma viagem que nunca sabemos bem onde nos levará. […]

Há uma certa poesia inerente à composição da crónica, uma vez terminada sinto-a como uma espécie de êxtase, como um membro que se soltasse, como se a mão que escreve se fosse alongando, alongando, alongando… até se soltar sob a forma da crónica e zás, ali está ela – metade eu, metade imaginação, coisa minha e coisa sem pertença nenhuma, qualquer coisa perto do mito, uma mistificação. […]

Aqui estão elas, tomai-as, as crónicas e por isso repetitivas, como uma doença ela também crónica.”

Alexandra Malheiro nasceu no Porto, em 1972. É licenciada em Medicina a que alia a paixão pela escrita. As suas palavras estão espalhadas em vários jornais e revistas, como em antologias – “Poesia SMS” e “Os dias do Amor”. A autora conta já com três publicações de livros de poesia: “Sombras de Noite”, “Circulação Transversa” e “A urgência das palavras”. No mundo virtual, podemos acompanhar o seu trabalho na página de autor.

Para mais informações sobre a autora e os livros publicados:

http://www.edita-me.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s